Arquivo da tag: World Series

Beisebol e o jogo mais divertido da história

David Freese ganha o jogo 6 para os Cardinals - Foto: Jeff Curry/US Presswire

David Freese ganha o jogo 6 para os Cardinals - Foto: Jeff Curry/US Presswire

O sexto jogo da World Series, a final da MLB, foi daqueles. Faltam palavras para definir. No Twitter/Facebook, eu escrevi “Que jogo absurdo, fantástico, sensacional, genial, impressionante, espetacular!”. Mas foi pouco.

Teve de tudo, tudo mesmo. Erros imbecis e defesas sensacionais, arremessos completamente perdidos e outros certeiros, home runs, strike out… Enfim, de tirar o fôlego.

A cereja do bolo começou na nona entrada e foi até o fim. Só no beisebol se consegue, em questão de segundos, mudar um jogo inteiro. É o arremessador contra o rebatedor. Em centésimos de segundos, a bola viaja, e o destino de uma equipe é traçada, para o bem ou para o mal.

David Freese e o home run da vitória dos Cardinals

Na sexta partida, o Texas Rangers esteve, em duas oportunidades, a um arremesso do título inédito. Dava pra sentir, pela TV, que faltava ar no estádio. Por outro lado, o St. Louis Cardinals estava a uma rebatida de se salvar, de virar o jogo, de sobreviver na série. O clima era de pura, total e absoluta, tensão.

E aí o St. Louis sai do buraco, vira o jogo e leva a decisão para o sétimo duelo. Agora, quem ganhar será o campeão. Segurem a respiração!

Fácil, fácil, foi a partida mais insana que eu vi na minha vida. Fica a dúvida: foi o melhor jogo da história do beisebol? Espero que o melhor seja o próximo, e o próximo, e o próximo…

P.S.1: Meu palpite segue o mesmo, vitória dos Cardinals no jogo 7.

P.S.2: Ainda bem que a TV a cabo, em especial, a ESPN, traz esses esportes para que a gente se delicie. Claro, o alcance ainda é pequeno, mas é legal ver a galera discutindo rúgbi, batendo papo sobre futebol americano, entre tantos outros. Cansa só futebol, não?

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Beisebol

Fifa, Lusa, beisebol, All Blacks, tragédia e City

Pílulas do fim de semana:

– Excelentes avanços no que diz respeito à minha jogabilidade no Fifa 12. Rivaldo se encaixou perfeitamente no novo esquema de jogo, e Luis Fabiano desandou a fazer gols.

– Como é legal a Portuguesa já garantir a vaga para a Série A do ano que vem. Vale um post sobre o tema: precisa mesmo de um time cascudo, duro, seco, para voltar à elite? Jorginho e seus comandados provam que não.

– Albert Pujols, jogo 3 da World Series, Texas Rangers 7 x 16 St. Louis Cardinals: 5 de 6 nas rebatidas, 3 home runs, 6 corridas impulsionadas. Não entende nada de beisebol? Ok, isso quer dizer, basicamente, que o cara teve a maior apresentação individual na final da MLB. Monstruoso! Pitaco: Cardinals levam o título em 4 a 3, hein!

– All Blacks confirmaram o favoritismo e conquistaram o título do genial Mundial de rúgbi. Final tensa com a França, que surpreendeu e engrossou demais o jogo no segundo tempo. Uma baita decisão, para fechar com chave de ouro uma competição sensacional.

– Novo domingo, nova tragédia. O que dizer da morte de Marco Simoncelli na MotoGP. O sentimento é o mesmo da última semana. O melhor, acho, é o silêncio, como forma de homenagem.

– Manchester United 1 x 6 Manchester City. Clássico local, uma das maiores goleadas da história. Se fosse aqui, Alex Ferguson teria sido demitido antes de chegar ao vestiário. Mas é lá, e ele fica. Assim como eu fico por aqui!

Deixe um comentário

Arquivado em Automobilismo, Beisebol, Futebol, Outros esportes, Videogame