Arquivo da tag: Thiago Alcântara

Uma convocação, uma sedução e uma reserva de mercado

Rafael Alcântara - Foto: Divulgação

Rafael Alcântara - Foto: Divulgação

Sem medo de errar, posso dizer que ninguém dá a mínima para convocação de qualquer seleção sub qualquer coisa. A não ser que você jogue ou seja parente das futuras promessas, essas listas passam batidas. Mas, dessa vez, o time convocado por Ney Franco tem um nome e uma característica especiais: Rafael Alcântara e a reserva de mercado.

Rafinha ou Rafa, como é chamado, nasceu em São Paulo e tem 19 anos, mas joga no Barcelona desde os 13. Mas, para entender a convocação dele para a seleção sub 20 que joga um monte de coisa em abril (o cronograma de atividades e jogos está aqui), é preciso conhecer um pouco da família do rapaz.

Ele é filho de Mazinho, um dos maiores curingas do futebol nacional dos últimos tempos: destro, começou na lateral esquerda, passou pela direita, virou volante e quebrou galho como meia. Jogou três anos na Itália, oito anos na Espanha, brilhou no Vasco e no Palmeiras, começou no Santa Cruz e terminou no Vitória. Nada mal.

Quando estava na Itália, em 1991, Mazinho foi pai pela primeira vez. Nascia Thiago, de cidadania brasileira e italiana. Como o pai foi jogar na Espanha, o garoto também adquiriu a cidadania daquele país. Curiosamente, o moleque passou duas vezes pelas categorias de base do Flamengo, mas se firmou no Barcelona a partir de 2005.

Subiu em 2009 para o time profissional e, aos poucos, foi aparecendo. Ganhou a confiança do técnico Pep Guardiola e foi um dos destaques na preparação para a atual temporada. Foi tão bem que, e em agosto do ano passado, foi convocado pela primeira vez para a seleção espanhola.

Filho de brasileiro e nascido na Itália, Thiago, hoje, no mundo da bola, é espanhol. De acordo com as regras da Fifa, um jogador com dupla nacionalidade fica impedido de defender qualquer outra seleção depois de participar de um jogo oficial pelo time principal. Foi o que fez Thiago contra Liechtenstein, na partida que classificou a Fúria para a Eurocopa.

Mazinho, campeão do mundo pelo Brasil em 1994, chegou a dar entrevistas afirmando que gostaria muito de ver Thiago com a camisa da seleção brasileira. As esperanças com o filho mais velho acabaram, mas, com o mais jovem, ainda permanecem vivas.

Toda a história acima serve para entender a convocação de Rafael. Thiago passou por tudo que é seleção de base da Espanha. Rafael, idem. Quem manda aqui, não deu a mínima para Thiago. Quando o garoto virou profissional do Barcelona e foi chamado por Vicente del Bosque, acendeu o sinal de alerta na CBF: “perdemos um, não perdemos o outro”. E aí o mais jovem dos irmãos Alcântara é convocado.

Nunca vi jogar, mas, pelo que li, Rafael é bom de bola. Dizem na Espanha, até, que ele é melhor que o irmão. Isso justificaria a convocação para a seleção de base, mas tem alguma coisa ali. Parece uma convocação com segundas intenções, para fazer com que o rapaz se sinta em casa e, quem sabe, um dia, seja apto, legalmente, para defender a seleção principal.

O Brasil só se importou com Thiago depois que ele já era “espanhol”. A história vinha se repetindo com Rafael até agora. Por que, então, essa convocação? A resposta, pra mim, é simples: se o Brasil perdeu Thiago, por que não convocar Rafael e fazer uma espécie de “reserva de mercado”? Vindo da CBF, nada mais me surpreende.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol

Balotelli interrompe entrevista e elogia Thiago Alcântara

Balotelli é um bom jogador. Alguém disse que ele é craque e o coitado acreditou. Somado a isso, tem o temperamento difícil, digno de quem tem um cérebro de uma ameba. Ainda assim, ele não é de todo mal. No vídeo abaixo, o italiano mostra seu melhor momento na temporada. Ele interrompe a entrevista de Thiago Alcântara para dizer “és el más grande”. Ainda há salvação para Balotelli.

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol, Videogame

O melhor da semana (2): o filho de Mazinho e uma dor de cabeça no Barcelona

Thiago Alcântara em ação pelo Barça contra o Manchester - Foto: Miguel Ruiz/Barcelona

Thiago Alcântara carrega a bola pelo Barcelona no amistoso diante do Manchester - Foto: Miguel Ruiz/Barcelona

Thiago Alcântara vem sendo “o cara” na pré-temporada do Barcelona. Com as estrelas chegando agora e um time todo remendado, o moleque tem tomado conta do meio-campo e fazendo golaços (quatro dos cinco gols marcados pela equipe até agora). Uma ótima dor de cabeça para Guardiola.

Todo mundo sabe que o garoto de 22 anos é filho de Mazinho, lateral, ala e meia que foi campeão do mundo com a seleção brasileira em 1994. É meio-campista. Herdou do pai a qualidade na marcação e a enorme visão de jogo. Além disso, tem encostado cada vez mais ao ataque e batido bem de fora da área.

Parece a descrição de um meia ideal: marca bem, tem um passe seguro, finaliza com qualidade de fora da área e ainda consegue penetrar na defesa adversária. Se você tivesse que descrever um Xavi, um Iniesta, como seria? Talvez por esse caminho, né? Pois bem, é a base do Barcelona, mais uma vez, criando um belo jogador, capaz de entrar na equipe sem alterar sua maneira de jogar.

Thiago sabe que essa é a hora de brilhar. No Twitter, ele mostrou isso (está em espanhol, mas dá para entender perfeitamente). “4rto partido de la pretemporada, no pudimos ganar pero lo importante es seguir sumando minutos… Mañana [hoje] nos vamos para Miami! #tourFCB“.

Do site oficial do Barcelona, destaco uma notinha veiculada depois da derrota por 2 a 1 para o Manchester, a primeira da equipe na pré-temporada. Mais uma vez, em espanhol:

Thiago Alcántara no deja de sonreír. Además de los pases imposibles que suele hacer y los detalles técnicos que deja sobre el terreno de juego, ahora ha añadido una faceta más: el gol. Y es que Thiago lleva cuatro goles de los cinco que ha marcado el Barça durante esta pretemporada. El gol de este sábado ante el Manchester United ha sido, sin embargo, uno de los más bonitos.

“Hemos jugado para ganar a pesar de ser un amistoso”, comentaba un Thiago satisfecho por el trabajo realizado y por el juego del equipo. Sin embargo el hispano ha echado en falta “un poco más de llegada” en zona de ataque y ha añadido que el objetivo prioritario del equipo durante esta preparación es “coger el ritmo”.

Respecto a su buen momento dulce de cara a portería ha explicado que “estoy teniendo fortuna” y que una de las claves es “seguir probando” y no dejar de intentarlo.

Veja só a mentalidade do moleque. Thiago sabe que, quanto mais jogar, mais o técnico vai ver que precisa dele mesmo quando o time estiver completo. Se anotar 80% dos gols da equipe até agora é “falta chegada”, imagina quando ele estiver mais próximo dos atacantes. A sorte é uma explicação simplória para a somatória entre treino e competência.

Seu perfil, também no site do Barcelona, é dos mais animadores. Se trata de un jugador diferente, de lo que se encuentran pocos. Posee un talento innato que le hace único, imprevisible y sabe encontrar la mejor pasada y ver agujeros fuera. No se esconde nunca y siempre intenta dotar al equipo de una velocidad más en ataque. Tiene también facilidad para probar el disparo de lejos.

Thiago é um dos futuros do Barcelona. Se será um Xavi, um Iniesta ou até um Messi, só o tempo dirá. Mas tem tudo para ser um baita jogador.

P.S.: E nada desse papinho de que ele é brasileiro, hein? Nasceu na Itália e chegou às categorias de base do Barcelona em 2005, com 14 anos. E mais, já defendeu a Espanha nas Eurocopas Sub-17 e Sub-21. Brasil, talvez, só nas férias.

Abaixo, os quatro gols desse moleque muito bom de bola na pré-temporada:

Thiago contra o Manchester – 1 golaço – 30/07

Thiago contra o Bayern – 1 gol e 1 golaço – 26/07

Thiago contra o Inter – 1 gol – 26/07

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol, O melhor da semana, Vídeos