Arquivo da tag: seriado

A nova abertura de “Two And A Half Men”

Não sei se vai ser essa, mas está rolando por aí o vídeo da vinheta de abertura da nova temporada “Two And A Half Men”, com Ashton Kutcher no lugar de Charlie Sheen. A estreia nos EUA é no dia 19, a próxima segunda-feira. Só para constar, Alan (Jon Cryer) e Jake (Angus T. Jones) são sensacionais!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em TV

Um travesseiro para os fãs de Big Bang Theory

O travesseiro Soft Kitty - Divulgação/Entertainment Earth

O travesseiro Soft Kitty - Divulgação/Entertainment Earth

É uma série sobre quatro cientistas extretamente (bota extretamente nisso, Sheldon Cooper) nerds, uma vizinha boba, boa e boazuda e as peripécias que a amizade desse quinteto improvável podem aprontar. Isso é um resumo besta de The Big Bang Theory.

A série é esperta, é ágil, tem personagens marcantes, enfim, a soma dos fatores resulta numa receita de sucesso. Se eu olhasse para o script há cinco anos e, por um acaso, batesse o olho em um das histórias envolvendo um físico maluco e uma garçonete loira e alguma discussão sobre como mulheres gostam de sapatos e homens não se importam, eu diria na hora que não daria em nada. É o tipo de coisa que tende a dar em um fracasso retumbante. Talvez por isso eu seja jornalista no Brasil e eles sejam roteiristas de sucesso da TV americana…

Sobre sapatos, homens e mulheres

Pois bem, The Big Bang Theory é praticamente uma unanimidade nos EUA, no Brasil, por onde passa. É um seriado que todo mundo vê, todo mundo gosta, todo mundo comenta.Você pode até não ver todas as semanas, mas, com controle remoto na mão, se estiver passando, DUVIDO que você não pare para ver. Eu paro. E se você nunca viu, “Good Lord!”, em que planeta você vive?

A abertura (com legendas em português)

O legal é que a série tem criado gírias a torto e a direito. “Bazinga”, por exemplo. Aposto que, ao ler “Bazinga”, uma pitadinha de sorriso surgiu no seu rosto. É engraçado demais, não?

Bazinga!

Nesta semana, recebi, via e-mail, uma newsletter de uma loja nos EUA que vende um monte de brinquedo legal (lembrem-se, coleciono minicraques e afins). Na primeira linha, onde estão as “Hot New Additions”, o primeiro produto, uma surpresa: um travesseiro perfeito para os fãs do seriado.

A dica do editor: “From the hit CBS show, it’s the Big Bang Theory Soft Kitty Singing Collectible Plush. It sings! It’s soft! It’s pretty! Show the world just how much you love cats and the popular sitcom by pre-ordering this awesome pile of fluffy love today!”.

Para quem não lembra: Sheldon fica ainda mais mala quando está doente, e sobra para Penny cuidar dele. No meio do serviço de enfermagem, ele pede: “cante Soft Kitty para mim?”. Ela não sabe, mas a resposta é extremamente à la Sheldon: “eu ensino”.

E daí surge um dos maiores clássicos da música mundial, uma espécie de “Smelly Cat” do novo milênio. E, claro, como os americanos são mestres em capitalizar com qualquer coisa, inventaram agora um travesseiro em forma de gatinho que canta “Soft Kitty”.

“Smelly Cat”, um clássico de Friends

Imagine você lá, deitadão, cansado, estressado e, de repente:

Soft kitty
Warm kitty
Little ball of fur

Happy kitty
Sleepy kitty
Purr, purr, purr!
P.S.: Lembre-se, só pode ser cantada para pessoas doentes.

“Soft Kitty”, o começo de uma era

Pela bagatela de US$ 32,99, você pode comprar hoje o seu “Big Bang Theory Soft Kitty Singing Collectible Plush”, mas as entregas só começam em dezembro. Fiz a simulação, e eles entregam no Brasil pela bagatela de US$ 7,95. No total, US$ 40,94. Fazendo a conta besta de US$ 1 igual a R$ 2, você gastaria cerca de R$ 82. Com o dólar a R$ 1,6, sairia R$ 65,51. Como você pagaria cerca de R$ 1,85 pelo dólar, com impostos, taxa de cartão e tudo mais, R$ 75,74. Se você deixar para comprar aqui no Brasil, DUVIDO que saia por menos de R$ 180.

Enfim, #ficadica para os fanáticos. O “Big Bang Theory Soft Kitty Singing Collectible Plush” pode ser comprado no site da Entertainment Earth. Não, não vou comprar. Mas aceito de presente!

“Soft Kitty”, um dueto

Elenco canta “Soft Kitty” na Comic Com 2010

Deixe um comentário

Arquivado em TV