Brasil de sempre, explicações de sempre e quem precisa de uma reciclagem?

Ronaldinho: em preto e branco, apagado e sem brilho, um rascunho de craque - Foto: Mowa Press e Arte/Ricardo Zanei

Ronaldinho: em preto e branco, apagado e sem brilho, um rascunho de craque - Foto: Mowa Press e Arte/Ricardo Zanei

Não sei quantas pessoas pararam para assistir ao amistoso entre Brasil e Bósnia-Herzegóvina. Sei que o número é cada vez menor. Em parte, pela qualidade do futebol. Em parte, pelo discurso apresentado. O fato é que, começa jogo, acaba jogo, e as coisas seguem iguais: o futebol é nanico, e o discurso é o mesmo.

Separei algumas frases ditas depois da partida, todas ao SporTV. Abaixo delas, meus comentários. Acho que vou tornar esse post um espécie de “molde” para usar em todos os jogos da seleção. Não importa se perdeu ou ganhou, o papinho é sempre o mesmo. Divirta-se:

“Esse campo não ajuda a gente a fazer o ‘um-dois’ que estamos acostumados”, Thiago Silva

Acho Thiago um dos melhores zagueiros do planeta, mas acho que o último “um-dois” da seleção foi na Copa do Mundo de 2010, com as arrancadas de Maicon. E só. O campo não ajuda para os dois, zagueirão, a lógica é sempre essa. Ah, Ok, é mais fácil destruir que construir, mas não dá para colocar a culpa por um futebol ridículo no campo.

“O campo é muito difícil. A seleção gosta de tocar bastante a bola e o gramado não ajudou. Prejudica nosso estilo de jogo”, Hulk

É curioso ver Hulk falar em estilo de jogo, sendo que nem Mano Menezes tem ideia de como implantar um na seleção. Que o Brasil toca a bola, isso é fato. O atacante só esqueceu de dizer que toca feio demais…

“A qualidade deles na parte tática é impecável. Todos ficam atrás da linha da bola, fechados. Quando você joga contra uma equipe assim, o risco aumenta, pois eles só jogam no contra-ataque, e isso pode ser fatal. Felizmente, isso não aconteceu hoje”, Thiago Silva

Jogador de futebol deveria ser proibido de usar a desculpa do “adversário fechadinho”, da “forte marcação”, do “não deixou jogar”. Ou Thiago Silva achou que a Bósnia entraria em campo com dois zagueiros, três meias e cinco atacantes? Impressionante que ainda se use esse tipo de desculpa no futebol.

“A gente está fazendo de tudo para achar a forma ideal de jogar, como todo brasileiro gosta, que é dando show. Não foi o que a gente fez hoje, mas o mais importante foi a vitória”, Neymar.

Tirando o “importante foi a vitória”, dá para reaproveitar em qualquer jogo do time de Mano. Essa é para guardar na manga, hein?

“O Ronaldinho esteve abaixo, a jogada terminava nele. Não teve sequência com qualidade de passe. A equipe fluiu melhor com o Ganso, ele deu mais continuidade aos lances”, Mano Menezes.

Então, né… O Ronaldinho está abaixo desde 2006. Foi naquele ano que a bola passou a chegar nele e morrer por ali. A frase de Mano seria perfeita para justificar a ausência do Gaúcho em qualquer convocação. Mas, infelizmente, serve para justificar o óbvio: Ganso – e até minha falecida vó – jogaram só um pouco, bem pouco mesmo, mas foram melhor que o flamenguista.

********************

O resumo da ópera é simples: não dá mais para ficar jogando essa bolinha e dizer essas asneiras achando que o torcedor tem cara de palhaço. Acho que, hoje, o Brasil precisa, primeiro, fazer um time, dane-se qual será a maneira de jogar, mas só depois disso é que se pode pensar em jogar algo. Pode perder, mas que seja por ação, e não essa omissão, essa preguiça danada.

Reciclagem é a palavra para definir o momento. Reciclagem de bola, reciclagem de microfone. Quem precisa de uma reciclagem? Por favor, seleção, levante a mão. Já cansou a paciência essa bolinha de sempre, essas explicações de sempre.

Deixe um comentário

Arquivado em Copa do Mundo, Futebol, Olimpíadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s