UFC 136: Aldo, Sonnen e uma luta principal sem alarde

Pôster de apresentação do UFC 136 - Foto: Divulgação

Pôster de apresentação do UFC 136 - Foto: Divulgação

Houston recebe na noite deste sábado o UFC 136. Curiosamente, meu interesse pela luta principal não é tão absurdo assim. Claro que vai ser bacana ver o terceiro episódio da saga Frankie Edgar x Gray Maynard, mas, venhamos e convenhamos: todo mundo quer ver José Aldo e Chael Sonnen em ação.

Aldo é uma espécie de Anderson Silva do peso pena. Suas lutas são sempre das mais movimentadas, e ele é um dos mais criativos lutadores de MMA do planeta. Só para se ter ideia do poder do atual campeão, em sua carreira, são 20 lutas, com 19 vitórias e uma derrotas, em 2005, para Luciano Azevedo. Ou seja, seu currículo dos mais sólidos.

Contagem regressiva: Aldo x Florian

O adversário de Aldo é Kenny Florian, um norte-americano gente boa, que fala português e tinha umas namoradinhas perdidas por aqui. Tive o prazer de entrevistá-lo no UFC 100, em Las Vegas. Agora, ele desceu de peso para enfrentar o campeão, mas não deve ser páreo duro. Até já admitiu que vai tomar muita porra esta noite. Florian que me desculpe, mas é o que eu espero.

Outra luta das mais aguardadas tem Chael Sonnen como protagonista. O lutador mais falastrão do UFC encara Brian Stann, que nunca, em toda a sua vida, teve uma torcida tão grande: obviamente, todos os brasileiros vão torcer, e muito, muito mesmo, contra Sonnen.

Depois de mais de um ano parado, estou curioso para ver como Sonnen vai entrar no octógono. Será que ele vai manter a intensidade que teve contra Anderson Silva? É possível, mas pouco provável. Assim como não acho que seria nenhuma idiotice achar que Stann pode surpreender e vencer. O cara está em forma, vem de três vitórias e vai para a sua quarta luta no ano. Acho que será um dos combates mais explosivos do UFC 136.

Tenho interesse em outras duas lutas. Primeiro, o duelo brasileiro entre Demian Maia e Jorge Santiago. Os dois perderam seus últimos combates e buscam a redenção. Mais do que isso, uma vitória pode ser o primeiro passo para voos mais altos na categoria. Lembrando que Maia já disputou o cinturão com Anderson Silva, e Santiago retornou ao UFC após cinco anos.

O outro combate interessante é entre Melvin Guillard e Joe Lauzon. O curioso é que são dois caras mais novos com um currículo enorme no UFC: Guillard tem 28 anos e 14 lutas (10 vitórias e 4 derrotas, contando The Ultimate Fighter), enquanto Lauzon é um ano mais novo e contabiliza 10 combates (7 vitórias e 3 derrotas). Guillard tem um chão consistente, mas sabe bater. Já Lauzon é um dos caras que eu mais gosto de ver lutar: sempre parte para cima, e seus combates dificilmente duram três rounds. Vai sair faísca.

Contagem regressiva: Edgar x Maynard

Enfim, a noite terminará com Edgar x Maynard. Edgar é o campeão do peso leve e tem apenas uma derrota na carreira, justamente para Maynard, em 2008. No dia 1º de janeiro, eles se enfrentaram pela segunda vez naquela que foi considerada a “luta do ano”, com porrada pra todo lado. Os juízes deram empate, e Edgar manteve o cinturão.

Assim, nada melhor do que um tira-teima para ver quem merece o título. Edgar é bom, muito bom mesmo. Maynard, idem. Curiosamente, Maynard nunca perdeu um combate: são 10 vitórias, 1 empate e 1 luta que acabou sem vencedor porque nenhum dos lutadores (o outro era Rob Emerson) tinham condições de continuar no octógono. Acho que, em Houston, chegou a vez dele manter a invencibilidade e ganhar o cinturão, dando pano pra manga para um quarto duelo com Edgar. É a luta principal da noite e tem tudo para ser bacana, mas, por outro lado, ficou meio de lado no card, especialmente para os brasileiros.

Pesagem do UFC 136

Abaixo, meus pitacos para os combates do UFC 136. Podem cobrar depois:

Card preliminar (dá pra ver no Facebook):

– Steve Cantwell (EUA) x Mike Massenzio (EUA)
Massenzio vence em decisão dos juízes

– Aaron Simpson (EUA) x Eric Schafer (EUA)
Simpson vence no segundo round

– Zhang Tie Quan (CHN) x Darren Elkins (EUA)
Equilibrada, Quan vence no terceiro roud

– Joey Beltran (EUA) x Stipe Miocic (EUA)
Estreia de Miocic no UFC; Beltran vence em decisão dos juízes

Card preliminar (Spyke TV):

– Anthony Pettis (EUA) x Jeremy Stephens (EUA)
Pettis ganha em decisão dos juízes

– Demian Maia (BRA) x Jorge Santiago (BRA)
Demian vence no segundo round

Card principal (Combate):

– Melvin Guillard (EUA) x Joe Lauzon (EUA)
Lauzon vence no segundo round

– Leonard Garcia (EUA) x Nam Phan (EUA)
Garcia vence em decisão dos juízes

– Chael Sonnen (EUA) x Brian Stann (EUA)
Será? Vou arriscar vitória de Stann no segundo round

– José Aldo (BRA) x Kenny Florian (EUA)
Aldo leva, vai dar show e nocauteia no segundo round

– Frankie Edgar (EUA) x Gray Maynard (EUA)
Outro chute arriscado: Maynard, nocaute, terceiro round

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Lutas, MMA

Uma resposta para “UFC 136: Aldo, Sonnen e uma luta principal sem alarde

  1. Pingback: Pitacos do UFC 136: uma vitória apertada | Blog do Zanei

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s